COMO A ADOLESCÊNCIA DO SEU FILHO TOCA A SUA VIDA?

A maior parte dos livros, textos, matérias de jornal e palestras que abordam a adolescência fazem referência às transformações que os jovens sofrem nessa fase da vida e como eles são afetados por elas, ignorando o impacto da adolescência na vida dos pais.

 

A adolescência é uma fase da vida em que o jovem se despede do seu corpo e identidade infantil, dos pais idealizados da infância e do lugar que ele ocupava no seu desejo. É também um momento em que ele sente a necessidade de se afastar da sua família e buscar novos referenciais no mundo. Por tudo isso, a adolescência é considerada uma fase de luto, tanto do jovem que se despede da sua infância, quanto dos pais que vivenciam o luto da criança que seu filho foi um dia e do lugar que eles ocupavam na sua vida.

 

 

É também um momento em que os pais são alvo de duras críticas por parte do adolescente. O que pode levá-los a mudar o seu comportamento se afastando do filho ou  reforçando a sua autoridade, dificultando, assim, o seu amadurecimento.

 

 

Essas mudanças que afetam a relação entre pais e filhos também podem estar relacionadas á forma como os pais vivenciaram a sua própria adolescência. Pais que passaram por uma adolescência difícil, podem temer a adolescência do filho, acreditando que assim como eles, ele também vai se colocar em situações difíceis que pode colocá-lo em risco. Quando isso acontece, os pais acabam transformando a adolescência do filho em um motivo de apreensão, preocupação e medo.

 

 

Outro fator que também contribui para isso se refere ao fato da adolescência do filho levar alguns pais a fazer um balanço da sua própria vida. Diante da sua juventude, os pais começam a rever as suas próprias escolhas, avaliando suas conquistas e fracassos, o que pode despertar neles afetos contraditórios. Se por um lado eles se alegram com as escolhas que o filho pode vir a fazer, por outro, eles se conscientizam que o tempo passou, e que as responsabilidades que assumiram na vida rouba uma parcela significativa da sua liberdade de se reinventar.

 

 

Por isso, é importante que os pais reflitam sobre a adolescência do filho procurando localizar como ela toca a sua vida. Pois, só assim, eles vão conseguir ser para ele um ponto de apoio, para que ele se transforme em um adulto maduro, capaz de assumir o domínio da sua própria vida.